15 de Outubro / Ser professor(a)


CARTA ABERTA A COMUNIDADE

 SER PROFESSOR(A)

 O dia 15 de outubro é atribuído em nossa sociedade aos professores. Se tornando um dia de atividades comemorativas e de homenagens a esta categoria profissional. Atividades desenvolvidas em meios a crescentes debates e embates em torno da qualidade da educação no país.

Dessa forma, o Coletivo Lutar e Construir a dois dias do dia 15 de outubro de 2010, se pergunta qual o verdadeiro significado desta data para a sociedade.

Aos professores foi delegada pela sociedade a função da Educação, mais especificamente da Educação Escolar, que diz respeito à transmissão dos conhecimentos historicamente sistematizados. Portanto extrapola a consolidação de competências e habilidades, e assume a condição de espaço prioritário de transmissão e de desenvolvimento do pensamento cientifico. Portanto de desenvolvimento cognitivo e cultural.

Segundo a professora Dr.- Lígia Martins de São Paulo, cada geração começa a sua história nos ombros das gerações passadas. Aos professores foi incumbida a tarefa de transmissão às novas gerações dos conhecimentos mais desenvolvidos pelas gerações anteriores em torno de saberes diversos como: as línguas, os cálculos, a cultura corporal, as ciências da natureza etc. E são cobrados pela boa qualidade dessa função.

Entretanto, numa ordem social em que o Estado serve como comitê central dos negócios da Burguesia. A Educação é atribuída à função de formação de mão de obra qualificada para os postos de trabalho e para manter a população distante dos verdadeiros fenômenos de sua exploração.

As escolas públicas e particulares se reduzem a processos de ensino e aprendizado que preconizam o desenvolvimento de uma razão meramente instrumental negando a razão crítica.

Falta de matérias de ensino-aprendizagem, deficiência no espaço físico, número inadequado de alunos por sala, baixa remuneração dos professores, não inexistência da formação continuada, número insuficiente de profissionais por unidade de ensino são cenas comuns à vida escolar nas escolas públicas em nosso país.

Dessa forma dia 15 de outubro se tornou para grande parcela dos professores um dia de luta.

Professores como os da rede municipal de Feira de Santana, que há muito estão na luta (muitas vezes enfrentando os entraves criados por sua própria direção sindical a suas conquistas) denunciando as péssimas condições das escolas no município e das condições de trabalho em que desenvolvem suas atividades.

E que neste dia 15 de outubro mais uma vez se colocam a defesa da Educação e do avanço na luta, construindo uma aula pública e tirando um indicativo de greve diante do não cumprimento do acordo por parte do governo municipal com a categoria: de implantação do plano de carreiras e do ajuste salarial.

Assim o Coletivo Lutar e Construir reafirma o dia 15 de outubro enquanto um dia de luta, ratifica sua posição junto aos professores em defesa da qualidade da Educação e da valorização profissional. Empenhado para que no futuro esta categoria volte a escutar dos rebentos novos as velhas frases do tipo: Quero SER PROFESSOR (A).

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: