Greve dos professores da rede municipal em Feira de Santana


Depois de enfrentarem uma greve de mais de 30 dias em 2010, os professores suspenderam as mobilizações mediante a assinatura de um Acordo entre a categoria e o executivo municipal, em 15 de junho. Dentre os pontos que faziam parte do referido acordo estavam: a Reformulação do Plano de Cargos e Salários do Magistério e o reajuste salarial dos professores de acordo ao Piso Nacional defendido pela CNTE. O acordo também estabelecia que caso a prefeitura tivesse dificuldade em pagar o piso, o mesmo seria feito de forma escalonada.

Passaram-se quase um ano e a única resposta que os professores receberam do executivo é de que o reajuste salarial para 2011 será de acordo ao índice da inflação (INPC) – que orça em torno de  5,9%. Quanto à reformulação do Plano de Cargos e Salários até hoje não saiu do papel. Dessa forma, o Executivo Municipal demonstrou que além de não cumprir com a palavra, tripudiou da categoria de professores e aos pais dos estudantes da Rede Municipal de Ensino ao desconsiderar o acordo assinado em 2010.

Diante disso, só restou à categoria a opção de ir para o enfrentamento, aprovando em assembleia o ESTADO DE GREVE, retomando a mobilização em massa no sentido de reivindicar deste prefeito o cumprimento da sua palavra e mais respeito aos trabalhadores da educação da rede municipal de Feira de Santana. 

PREFEITO: ACORDO RASGADO, PROFESSORES MOBILIZADOS!

GRUPO DE ESTUDOS EDUCAÇÃO EM DEBATE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: