O dilema de Hamlet


Mauro Iasi apresenta em seu livro uma reflexão teórica sobre a consciência – individual e de classe –, um dos temas mais complexos e relevantes da sociologia contemporânea, que desafiou particularmente a melhor produção teórica de fundamentação marxista do século XX, e tem em História e consciência de classe, de Lukács, um de seus textos pioneiros.

O estudo de Iasi dialoga com as obras e autores do campo marxista, como o próprio Lukács, Gramsci, Thompson e Goldmann, entre outros, mas desdobra-se para o campo estruturo-funcionalista, a sociologia compreensiva e autores contemporâneos como Foucault e Przeworski, configurando-se em uma lúcida e fundamentada revisão crítica e teórica sobre a militância política, poucas vezes realizada com sucesso por autores brasileiros.

Segundo afirma Sedi Hirano, professor titular do programa de pós-graduação do Departamento de Sociologia da USP, no prefácio escrito para este livro, “no estudo sobre consciência e consciência de classe de Iasi, os clássicos da sociologia moderna e contemporânea são crítica e comparativamente analisados, realçando-se os pontos aparentemente comuns, mas grifando as diferenças radicais que existem entre eles”.

Mauro Iasi demonstra que, dentro do paradigma marxista, com o qual se identifica, a dimensão dos indivíduos, que encarnam as relações sociais legadas pelas gerações passadas e agem sobre o mundo concreto das relações sociais objetivas, é fundamental para a formação da consciência de classe.

Nas palavras do autor: “É nesta difícil equação entre a parte o todo, seja na dimensão indivíduo-sociedade, seja na relação consciência individual e consciência de classe, que se encontram os problemas da análise sociológica e a chave para enfrentá-los. O desafio dos estudos práticos sobre as classes, assim como das reflexões políticas que orientam em cada momento a luta de classe, é articular estas dimensões de maneira a captar a dinâmica das ações e reações recíprocas que se estabelecem entre os momentos que constituem o todo”.

O dilema de Hamlet é uma instigante contribuição ao estudo da consciência de classe, escrita de forma leve mas carregando em si conteúdo original e ousado.

Indicação de livro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: